Academia Mato-Grossense de Ciências Contábeis

Cadeira nº 06

CRCMT 4609-O

Foi Conselheiro do Conselho Regional de Contabilidade de Mato Grosso.

Nascido aos doze dias do mês de julho de 1968, na maternidade Nossa Senhora de Fatima em Cajazeiras – PB. Filho de Francisco Gomes Bezerra e Antônia Moreira Gomes, moravam no Sitio Impoeiras no município de Cachoeira dos Índios – PB. Seus pais tiveram (4) filhos. Girleno Gomes Moreira, Gisele Cristina Gomes Moreira de Lima e Gildemar Gomes Moreira. Ele era o mais velho dos (4). Fora alfabetizado pela sua mãe, que na época era professora do Sitio onde moravam, num grupo escolar construído ao lado da casa onde moravam.

Em 1976, mudaram para São Paulo, em busca de uma sobrevivência digna. Chegando em São Paulo, no dia 25 de maio de 1976, sua mãe logo matriculou na escola E.E. de I e II Graus Lael de Moura Prado. No ano seguinte seus pais mudaram para Guarulhos – SP, onde fora estudar no colégio Joao de Almeida Barbosa.

Em 1985 seus pais vieram morar em Rondonópolis – MT, onde ele fora estudar na escola EEMOP Escola Estadual de Ensino Médio Major Otavio Pitaluga, dando então prosseguimento as suas atividades estudantis e ao mesmo tempo começou a trabalhar como office boy no banco Bradesco, depois na CEF – Caixa Econômica Federal e aos 20 anos, através de concurso público, tornou-se funcionário do Banco do Brasil.

No Governo Fernando Henrique Cardoso, deixou o emprego e já graduado em Ciências Contábeis, pela Universidade Federal de mato Grosso, em 07 de agosto de 1986, instalou um escritório ao mesmo tempo dava aulas como professor substituto na escola Estadual Pindorama, também lecionou como professor substituto na UFMT – Universidade Federal de Mato Grosso. Na condição de professor daquela instituição, fez mestrado, tendo se licenciado deste último. Em 2001 e 2002 foi professor e coordenador de curso de Ciências Contábeis no UNIR – FAIR- Faculdades Integradas de Rondonópolis.

Em 2003 fez concurso público para professor efetivo na UFMT – Universidade Federal de Mato Grosso no qual ingressou como Professor Especialista e em seguida concluiu seu mestrado em Ciências Contábeis na PUC – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo em 2004. Em 2003 convidou um colega para fundar a UESP – União de Escolas Superiores Sobral Pinto, aqui na cidade de Rondonópolis, cujas turmas pioneiras colaram grau em fevereiro de 2008. Contava aquela instituição, no ano de 2008 com 1804 alunos, distribuídos em nove cursos.

Giovanni faleceu no dia 09-03-2008, aos 39 anos de idade, vítima de um naufrágio de uma chalana no rio Cuiabá na região de Poconé, no Pantanal Mato-grossense.